terça-feira, fevereiro 19, 2008

A Gaiola Louca

Vazia de sentido, uma gaiola saiu à procura de um pássaro. Voava aquele vôo torto dos bêbados de alta octanagem, mas voava. Eu não sei como, caramba! Ela voava e pronto! Saco!

Flanando sobre as planícies, sentia o vento frio daquele inverno rigoroso bater em suas grades. Não reclamava, apenas seguia. Havia consigo uma página de jornal para o posterior recolhimento dos dejetos aviários de seu futuro inquilino, que terminou por aquecê-la como um cobertor. A utilidade inédita das coisas surge nos momentos mais urgentes. Eu, por exemplo, precisava de um post para hoje e não tinha texto algum. Quem me salvou foi a gaiola que saiu à procura de um pássaro. Sim, esta é uma história verídica. Continuemos.

Assim seguiu infrutífera sua busca, muito porque era inverno e as frutas haviam morrido. O povo das planícies alimentava-se então de tubérculos e leguminosas, nada mais. O preço da batata monalisa, por exemplo, seguia um absurdo. Em janeiro de 1994, no início do plano real, um quilo de batata custava R$ 0,17 e hoje não sai por menos de R$ 0,70. A isso se dá o nome de inflação. Sim, moderada, pensando que esta galopava antes. A inflação ser uma égua, ou filha de uma, é suposição razoável e lógica, metaforicamente falando.

Talvez a melhor imagem para ilustrar a figura da inflação seja uma zebra. Um animal branco com listras pretas ou preto com listras brancas. O padrão das listras de uma zebra nunca se repete em outras zebras. É como uma impressão digital. Na zebra, há o dedo de Deus, sem dúvida, mas não sei dizer se é um dedo branco com listras pretas ou um dedo preto com listras brancas. Amarelo não é, o que torna um mistério o número imenso de chineses que há no mundo. Esta preocupação também afligiu nossa gaiola: “Eles comem passarinhos”, pensou.

Fazia muito tempo que a gaiola voava sem encontrar um pássaro sequer. Do alto da xizosfera ela viu 300 espartanos enfrentarem o Rodrigo Santoro; viu um bebê nascer numa manjedoura e 57 reis magos partirem em seu encontro; viu a Inquisição e a revolução francesa, mas não soube dizer qual era qual; viu o surgimento de um estranho veículo de meia tonelada que carregava um indivíduo de 80kg; viu a Apolo 11 subir à lua, mas não viu a Challenger até que fosse tarde demais e pediu desculpas; viu a queda do muro de Berlim e frustrou-se por não ter sido o chinês; não viu o atentado ao Wong-Peng-Center porque era cedo demais. Enfim, ela voou por muito tempo, mesmo para uma gaiola de alta octanagem. Cansada e sem ter encontrado o pássaro que lhe encheria de sentido, caiu ao solo.

Era o dia 19 de fevereiro, 2h30, quando começou a nevar ininterruptamente em todo o planeta durante trinta dias. De nada serviram os alertas do ex-vice-presidente-dos-estados-unidos-da-américa-al-gore sobre o desaquecimento global. Antes de morrer de hipotermia, ele disse:

- Deu... (cof, cof)... zebra.

Já nossa gaiola foi mais objetiva:

- Malditos... (cof, cof)... chineses!

Marcadores: , , , ,

Adicione este post ao del.icio.usAdicione este post ao TechnoratiAdicione este post ao DiggAdicione este post aos favoritos do GoogleAdicione este post ao stumbleuponAdicione este post ao facebookAdicione este post ao LinkkAdicione este post ao UêbaAdicione este post ao diHITT

17 Comentários:

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Doctor Taliesin, às 8:22 AM, fevereiro 19, 2008  

  • "vôo torto dos bêbados de alta octanagem".

    Tô pagando pra ver como é isso. Aceita cartão?

    Por Blogger Srta.T, às 12:34 PM, fevereiro 19, 2008  

  • Doc Taliesin, agradeço encabulado aqui e ergo num brinde meu copo de uísque com alpiste batido e iogurte. A receita é indiana, mas o copo é chinês, acredita?

    Srta. T, depende de qual cartão: O do dia 10 ou o do dia 20? Mas querer pagar pra ver isso... É como financiar um vício, percebe? Você não tem dó de gaiolas sem sentido?

    Amplexos e ósculos (conforme o gênero)

    Por Blogger Dr. Banner, às 2:37 PM, fevereiro 19, 2008  

  • - Malditos... (cof, cof)... Doutores!

    me fazem ler linhas interminavéis...(cof, cof)

    menos o dr.Taliesin claro, que após muito tentar me provou ser um otimo, ou no minimo médio, amante.

    Por Blogger Cláudia, às 5:06 PM, fevereiro 19, 2008  

  • Estourei o cartão... pode ser cheque?
    Bom, eu aceito ver de graça também, ué. E se alguém quiser financiar meus vícios, eu passo a minha conta.

    Por Blogger Srta.T, às 5:19 PM, fevereiro 19, 2008  

  • O que eu posso dizer Cláudia... vou receitar um xarope pra vc, agora se for hipotermia o Taliesin pode ajudar.

    O que me leva ao Taliesin. Aê hein! Médio amante, no meu caso, já é algo a comemorar! Já vimos que vc também é phoda!

    Srta. T, seu cheque não foi aceito, é xerocado. Aliás, podia ter pelo menos feito uma cópia colorida né?

    Hugs!

    Por Blogger Dr. Gori, às 6:58 PM, fevereiro 19, 2008  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Doctor Taliesin, às 8:27 AM, fevereiro 20, 2008  

  • Dr. Gori, manda o cheque de volta, vou pintar com canetinha.

    Por Blogger Srta.T, às 10:24 AM, fevereiro 20, 2008  

  • Pra a alice foi? Estou com saudades...

    Por Anonymous jack the ripper, às 4:11 PM, fevereiro 20, 2008  

  • São 2h30 ... cof, cof, cof...

    Ô chuva!!!

    Por Anonymous faroleiro, às 6:35 PM, fevereiro 20, 2008  

  • Richard Chamberlain mostrou o passarinho e depois vestiu a batina ou foi o jaleco? Padre ou médico? Ou o Padre e a Moça?

    Outra dúvida: a Bela da Tarde comia passarinho, o David Brownie ou a Sarandon?

    Ah, Doutores, cuidado com os seus passarinhos lá na China, hein!

    Mas em recente investigação descobriu-se que os galetos assados que restaurantes chineses ofereciam não passavam de ratos.

    Bluergh!

    Por Anonymous Chuck procura a noiva, às 7:03 PM, fevereiro 20, 2008  

  • E eu sinto falta do meu post favorito:

    O morto do dia!

    Por Anonymous zé luiz, às 8:11 PM, fevereiro 20, 2008  

  • Menino, e por falar em batatas, vc viu o preço do feijão??

    Beijos e muitos cof's, cof's, cof's.

    Adri
    http://drikaninha.zip.net/

    Por Anonymous Anônimo, às 9:28 PM, fevereiro 20, 2008  

  • Jack, eu estou com saudade da Alice, mas a minha é sincera, seu safado!

    Faroleiro, pelo tom, isso é gripe aviária!!!

    Chuck, você me assusta. Não é todo dia que se encontra um boneco com tais referências. Você costura?

    Zé, seu mórbido, tem morto ainda nesta semana. Legistas... Você costura, que eu vi no CSI!

    Adri, feijão bom é feijão morto! Não... Quando a gente colhe ele morre, é melhor deixá-lo lá... Então feijão bom é feijão vivo!

    Amplexos, erratonautas!

    Por Blogger Dr. Banner, às 3:03 AM, fevereiro 21, 2008  

  • Rapaz, respondi seu email na ocasião em que foi enviado e hoje, de novo. Se não chegar, me avise.

    Abraço.

    Por Blogger Nelson Moraes, às 12:49 PM, fevereiro 21, 2008  

  • ...demorei?

    Banner, realmente vc é O BANNER!!! E a minha saudade com a Revista Errata também é sincera.

    E agora é tarde. Já peguei pra mim a sua célebre frase:

    "A utilidade inédita das coisas surge nos momentos mais urgentes."

    Essa me acompanhará em todos os dias da minha vida. Sobretudo às 2h30 em algum local público... Lembra?

    Doutores, perdoem-me, mas depois termino de ler os posts anteriores.

    bjks a todos

    Por Blogger Alice, às 7:45 PM, fevereiro 21, 2008  

  • Nelson, navegamos à bolina e enfrentamos as intempéries... Que venha a bonança!

    Alice, o Banner, como sempre, está no topo. Ninguém aqui perdoa a sua ausência... vc faz falta. E isso também vale pro arauto viajante do espaço.

    Doctor Taliesin, mais vale meio pássaro na mão do que uma gaiola desvairada voando.

    Por Blogger Dr. Jekyll, às 5:39 AM, fevereiro 22, 2008  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Voltar para a Página Inicial


Jujubinhas Sortidas: Alien | Aviso | Blogueiro Convidado | Deficiência | Entrevista | Errata Comics | Humor | Imagem | Morto do Dia | Passatempo | Religião | Sexo
© Copyright 2006-2009, Blog Revista Errata - Humor Nonsense